O Artista Empreendedor e o Empreendedor como Artista

A primeira edição do curso “O Artista Empreendedor e o Empreendedor como Artista”, com Felipe Caldas, acontece nos dias 24, 25 e 26 de maio, das 19h às 21h, na Casa Musgo. A iniciativa é do  Estúdio Hybrido em parceria com a série de cursos “Sobre viver de cultura” que pretende incentivar a autonomia dos agentes culturais e a construção de um mercado artístico mais sólido e sustentável. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas pelo email contatocasamusgo@gmail.com.

Estudar o mercado artístico significa compreender o lugar, os mecanismos e interrogações das artes visuais na cultura contemporânea. Não só nas artes e suas especificidades, mas no mundo prático, cotidiano, no qual todos nós somos participantes. Como a arte dialoga com as questões de uma sociedade da informação, da imagem, e de um sistema produtivo denominado de pós-industrial? Como os circuitos da arte funcionam em um processo de internacionalização da produção artística? O que haveria em comum entre arte e o fluxo de capital? Como a arte contemporânea se insere nas discussões sobre economia criativa? Como os artistas alçam a exemplo do trabalhador contemporâneo? Este curso visa propiciar uma visão geral e crítica das relações entre arte contemporânea e seus mercados a partir do ponto de vista do artista.

capa_evento_51Buscando reflexões sobre as questões acima, o ministrante Felipe Caldas busca auxiliar na instrumentalização de artistas, curadores e produtores a respeito das relações mercadológicas da arte na contemporaneidade em um sistema de produção mais amplo. O curso está dividido em três aulas: a primeira, sobre o mercado artístico e suas instâncias dentro do capitalismo cognitivo, abordando também a compreensão da cadeia produtiva do campo artístico e a centralidade da informação nestes processos. Na aula II, s temática será o artista enquanto empreendedor de suas mercadorias, sendo um protagonista em um mundo de incertezas. A última aula contextualizará o cenário do mercado brasileiro e porto-alegrense nas artes visuais.


Felipe Caldas é artista, professor e pesquisador. Doutorando em Artes Visuais com ênfase em História, Teoria e Crítica da Arte pela UFRGS, mestre em Artes Visuais; Bacharel em Artes Visuais e Licenciado em Educação Artística pela mesma universidade. Possui atuação como artista visual e já participou de inúmeras exposições coletivas em variadas instituições em território nacional. Suas pesquisas em âmbito acadêmico se voltam para o mercado e sistema artístico. Em 2014 lançou o livro Arte&Fato 30 Anos, no qual resgata a história de uma das principais galerias de arte do Rio Grande do Sul, concomitantemente a própria história do circuito artístico gaúcho.


A iniciativa de segmentar a proposta e montar um conteúdo voltado especificamente para o mercado de artes visuais é do Estúdio Hybrido, sob coordenação do artista visual Marcelo Monteiro, em parceria com a Casa Musgo, Cuco Produções e Fio Produtora Cultural, as duas últimas idealizadoras da série de cursos Sobre Viver de Cultura. A iniciativa conta com o apoio do Vila Flores, UERGS e PPGAV.

A Casa Musgo é um espaço de múltiplas atividades relacionadas a cultura e ao desenvolvimento humano. Busca integrar pessoas e difundir conteúdos autorais, promovendo exposições, eventos, performances, cursos, oficinas e palestras. A casa é composta por um atelier, uma galeria, uma sala para oficinas e pela loja do atelier.

 

Serviço:

“O Artista Empreendedor e o Empreendedor como Artista”

Ministrante: com Felipe Caldas

Dias 24, 25 e 26 de maio, quarta a sexta, das 19h às 21h

Local: na Casa Musgo (R. Venâncio Aires, 860 – Bairro Farroupilha, Porto Alegre)

Carga horária: 6 horas

Informações e inscrições: contatocasamusgo@gmail.com.
Investimento: R$150,00


Mais informações:

Evento facebook: https://www.facebook.com/events/1499844850074457/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *