Buscar
  • Liége Biasotto

Vila Flores realiza projeto multicultural com atividades inéditas durante todo o mês de abril

Webdocumentários, bate-papos ao vivo, visita guiada e oficinas estão entre os conteúdos que serão lançados em plataformas digitais do centro cultural. O projeto gratuito propõe reflexões sobre o fazer artístico e educativo no 4º Distrito de Porto Alegre e no Brasil


Em abril, o centro cultural Vila Flores disponibiliza gratuitamente uma série de conteúdos multiculturais e educativos em suas plataformas digitais (YouTube, Facebook e Instagram). O projeto De Vila a Vila 2021 passou por adaptações devido ao agravamento da pandemia no Estado, e sua programação será retomada no dia 06 de abril, de forma virtual. A partir desta data, todas as semanas serão marcadas por lançamentos de webdocumentários inéditos e bate-papos ao vivo, tratando da arte e da cultura em contextos locais e também sob perspectivas de centros culturais de outros estados do país.



No dia 06 de abril será realizada uma Visita Guiada Online ao Vila Flores. A proposta é apresentar os espaços do complexo arquitetônico, interagindo ao vivo com o público e esclarecendo dúvidas sobre as movimentações do centro cultural. O encontro virtual acontece às 18h, pelo instagram.com/vilaflorespoa.










Para as noites de quarta-feira, o Vila Flores convida gestores de centros culturais brasileiros para participação na série de lives chamada Papo de Cultura. Serão três encontros virtuais e cada semana será dedicada a um eixo temático: educação para o bem comum; desafios da gestão cultural independente; e o processo de resistência do patrimônio vivo. Entre as instituições confirmadas estão a Casa do Povo (SP), Casarão de Idéias (AM), Condô Cultural (RJ), Mouraria 53 (BA) e Casa Amarela Quilombo Afroguarany (SP). As transmissões ao vivo estarão abertas a interações do público nos dias 07, 14 e 21 de abril, às 19h, pelo youtube.com/vilaflores.




As quintas-feiras serão dedicadas à conexão com as iniciativas parceiras e residentes do complexo cultural Vila Flores, através da websérie Por Dentro do Vila. Em entrevistas compiladas em quatro episódios serão apresentadas as redes de articulação comunitária traçadas a partir do Vila Flores e que irradiam para todo o território. Os vídeos têm cerca de 6 minutos cada e serão disponibilizados nos dias 08, 15, 22 e 29 de abril, às 18h, em youtube.com/vilaflores.










A partir do dia 10 de abril, cada sábado terá a exibição de uma das quatro partes do webdocumentário Território e Memória - Museu a Céu Aberto. Os registros mostram a pintura de nove murais nas sacadas internas e no muro externo do Vila Flores. As artes desenvolvidas pelo artista Kelvin Koubik são resultado de levantamentos históricos que representam a história do complexo arquitetônico e do bairro Floresta. Os vídeos contarão sobre o processo de pesquisa, a produção artística e as relações com o 4º Distrito de Porto Alegre. Os lançamentos acontecem nos sábados 10, 17, 24 de abril e 1 de maio às 10h, pelo instagram.com/vilaflorespoa.





Através de sua experiência de revitalização patrimonial, o Vila Flores conduzirá também uma oficina de educação patrimonial chamada Quando Preservação e Educação se Encontram, no dia 12 de abril. O encontro virtual e voltado também ao público leigo propõe reflexões acerca da valorização do patrimônio material e imaterial, apresentando conceitos de zeladoria e de conservação e relacionando a arte e a cultura local nestes processos. A transmissão ao vivo será às 19h pelo youtube.com/vilaflores.







No dia 24 de abril será realizada uma atividade híbrida, com participação presencial no Vila Flores e transmissão online simultânea. A oficina de Arte TransUrbana, com a artista Priscila Fróes, propõe reflexões sobre as realidades LGBTQIA+, sua aproximação do contexto artístico e o ensino de técnicas para produção de lambe-lambes. A aula expositiva terá início às 15h e poderá ser acessada em youtube.com/vilaflores. Além disso, estão abertas cinco vagas para acompanhar presencialmente a atividade e participar da confecção dos lambe-lambes. Inscrições em bit.ly/artetransurbana.





O De Vila a Vila 2021 é realizado pelo Vila Flores, contribuindo para a produção e circulação de bens culturais. As 35 atividades gratuitas movimentam mais de 60 trabalhadores da cultura, entre artistas, técnicos, gestores, arte-educadores, produtores e comunicadores. O projeto é viabilizado com recursos da Lei nº 14.017/2020 - Aldir Blanc; contemplado pelo Edital SEDAC nº 09/2020. Saiba mais em vilaflores.org/devilaavila.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo